Utilização racional do tempo


Quem quiser se libertar de muitos dos males que atormentam as pessoas hoje em dia, aprimorar-se em seu ofício ou sua arte ou mesmo desenvolver ou manter relacionamentos saudáveis precisará se tornar extremamente hábil na utilização racional do tempo.

A razão disso é relativamente simples: nossa sociedade 'civilizada' conta com inúmeras formas de induzir distração e apego, que, claro, consomem o precioso tempo, minando também a saúde daquele que vive em estado sonambúlico ou letárgico.

Assim, quanto antes identificarmos as fontes dos comportamentos nocivos que tenhamos, porventura, adotado melhor, já que o primeiro passo em direção à cura é justamente o reconhecimento da condição em que nos encontramos, por mais delicada que seja.

Numa época em que virtualmente tudo tende a se apresentar como importante ou urgente quando, na realidade, pode ser dispensável, não seria sábio permitir que tais propagandas dissimuladas assumissem o controle. Afinal, se o deixarmos, não passaremos de escravos autômatos.